Notícias interessantes para aposentados e pensionistas do INSS

Os idosos acima de 70 anos têm o direito a sacar o abono salarial do PIS/Pasep. Muitos tiveram o valor creditado diretamente em contas bancárias da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil. Porém, uma parcela significativa dessa população terá de se dirigir a um dos bancos para sacar o valor.

Em dias de grande movimentação, ladrões costuma agir e os idosos são as vítimas prediletas dos criminosos que comentem a famosa “saidinha do banco”. Para ajudar a população que vai sacar o abono salarial do PIS/Pasep , o especialista em segurança do Grupo GR, Marcos Roberto Araújo, listou algumas dicas e cuidados para os que terão de andar com o dinheiro após o saque.


Veja as dicas de segurança:


1- Colocar muitas notas e moedas nos bolsos faz volume, logo a medida chama a atenção dos criminosos. Outra dica que deve ser levada a sério e não sair do banco com envelopes em mãos contendo dinheiro;

2- O mais indicado após sair do banco é pegar um transporte privado, sendo um taxi ou um Uber. Optar pelo transporte público ou até mesmo andar a pé, aumenta as chances dos criminosos conseguirem fazer uma abordagem;

3- O mais indicado é que o contribuinte opte por transferir o dinheiro ao invés de sair com o mesmo em mãos. Os bancos oferecem DOC, TED, transferência via telefone ou internet, o que pode minimizar o risco de furtos e roubos;

4- Na impossibilidade de transferir o dinheiro para uma conta, não manuseie o dinheiro em público. “Caso haja necessidade, verifique se o banco possui salas reservadas para este fim (alguns bancos têm salas especificamente para retirada de dinheiro de forma muito discreta e sigilosa)”, explica o especialista;

5- As filas são comuns nessas horas, logo, se atentar as pessoas que estão ao seu redor pode ajudar a evitar um assalto;

6- Quando for possível fazer o saque do valor em parcelas, opte por essa opção. Faça a retirada em dias e horários diferentes;

7- Se desloque ao banco sempre acompanhado e evite fazer comentários com pessoas estranhas, mesmo as que estiverem muito bem vestidas;

8- Se perceber que está sendo observado por alguém dentro da agência, fale com algum funcionário do banco ou com os seguranças;

9- Não repita horários nem o trajeto quando precisar ir ao banco realizar alguma transação;

10- “Desconfie das pessoas que passam muito tempo no banco sem buscar atendimento ou realizar alguma operação”, diz Araújo. Elas podem estar no local analisando hábitos e escolhendo vítimas em potencial;

11- Após a saída do banco, procure ser discreto;

12- Se sacou o dinheiro e ao sair perceber estar sendo seguido por alguém que estava no banco, não corra. Entre em um loja ou qualquer espaço comercial e acione imediatamente a Polícia Militar;

13- Em caso de assalto, nunca reaja. O dinheiro por mais suado que seja, não é mais importante que sua vida”, enfatiza o especialista em segurança;


As regras também valem aos contribuintes, idosos ou não, que pretendem sacar o valor do PIS/Pasep nos caixas eletrônicos das duas instituições que administram os benefícios.

 

Fonte: Economia - iG

0
0
0
s2smodern

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil, instituições essas responsáveis pelo pagamento do abono salarial PIS/Pasep, informaram nesta terça-feira (17) que vão antecipar o pagamento do benefício aos correntistas com mais de 70 anos. Os bancos transferirão, sem custos, o dinheiro aos beneficiários com conta nas instituições financeiras.

Foi informado que os beneficiários que não são correntistas em um dos bancos que administram os recursos do PIS/Pasep só poderão ter acesso ao abono salarial na quinta-feira (19), data anunciada pelo governo para o começo do calendário de pagamento do mesmo.
A retirada poderá ser feita nos terminais de autoatendimento, nas casas lotéricas, nos correspondentes bancários e nas casas lotéricas , dependendo do valor das cotas. A retirada é válida somente para os trabalhadores com carteira assinada que contribuíram para algum dos dois fundos até 4 de outubro de 1988.


Calendário

A partir do dia 17 de novembro os aposentados passam a ter acesso ao saque do abono e em dezembro, no dia 14, os beneficiários com idade a partir de 65 (homens) e 62 (mulheres) poderão solicitar o valor do auxílio a que tem direito. Vale ressaltar que não foi estipulada uma data limite para o saque do abono salarial, logo o trabalhador pode fazer sem pressa e evitando filas. Os herdeiros de cotistas falecidos podem sacar o dinheiro a qualquer momento.
Leia também: Mais da metade dos brasileiros não guarda dinheiro, indica pesquisa
Só não terá acesso ao benefício os trabalhadores que passaram a contribuir após o dia 4 de outubro de 1988. A justificativa para tal fato é que a partir da data mencionada a Constituição de 1988 passou a arrecadar os valores do benefício para o Fundo de Amparo ao Trabalhador ( FAT ), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ( BNDES ).


Montante

De acordo com o governo, a medida vai injetar R$ 15,9 bilhões na economia e beneficiar 7,8 milhões de pessoas. Desse total, R$ 11,2 bilhões virão dos saques do PIS , vinculado aos trabalhadores da iniciativa privada e administrado pela Caixa Econômica Federal , que beneficiarão 6,4 milhões de cotistas. O restante virá do Pasep, vinculado aos servidores públicos e administrado pelo Banco do Brasil.
Os trabalhadores que ainda estão em dúvida sobre o recebimento do benefício do PIS/Pasep podem consultar se tem ou não direito ao abono salarial por meio dos sites dos bancos que administram os recursos. Caixa www.caixa.gov.br/cotaspis ou do Banco do Brasil www.bb.com.br/pasep.

*Com informações da Agência Brasil
Fonte: Economia - iG

0
0
0
s2smodern

O governo divulgou, no último dia 28, o calendário antecipado de saques do PIS/Pasep para os idosos. A liberação dos recursos para cotistas idosos foi determinada pela Medida Provisória 797/2017. Ao contário do que muitos pensam, no entanto, os herdeiros de cotistas falecidos do fundo podem sacar o benefício em qualquer data, sem necessidade de seguir o calendário para idosos.

Para verificar o saldo disponível para saque do PIS/Pasep , é possível fazer uma consulta pela internet. É necessário ter senha, número do CPF ou Número de Identificação Social (NIS) e data de nascimento para conferir o saldo do PIS. No caso do Pasep, o beneficiário legal pode usar o número do CPF e a data de nascimento do cotista ou inscrição Pasep.


PIS

Quando houver a intenção de liberar o Programa de Integração Social (PIS) de pessoas falecidas, é preciso comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal. Deverão ser apresentados o documento de identificação, o comprovante de inscrição PIS (caso os dados apresentados não permitam a identificação da conta PIS/Pasep) e documentos que comprove a relação de vínculo com o titular, como certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte expedida pelo INSS, atestado fornecido pela entidade empregadora (no caso de servidor público), alvará judicial designando o sucessor/representante legal, formal de partilha/escritura pública de inventário e partilha.


Pasep

Os herdeiros que desejam efetuar o levantamento dos recursos do Pasep devem comparecer a uma agência do Banco do Brasil (BB) e solicitar o saque. Para isso é preciso apresentar certidão de óbito e certidão ou declaração de dependentes (beneficiários) habilitados à pensão por morte emitida pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na qual conste o nome completo do dependente, data de nascimento e grau de parentesco ou relação de dependência com o participante falecido.
Também podem ser apresentadas pelo herdeiro a certidão de óbito e a certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte emitida pela entidade empregadora, para os casos de servidores públicos. Nestas situações é necessário constar o nome completo do dependente, data de nascimento e grau de parentesco ou relação de dependência com o participante falecido.
Entregar o alvará judicial designando os beneficiários do saque também é uma opção. Caso o alvará não faça menção ao falecimento do participante deve ser apresentado a certidão de óbito ou ainda escritura pública de inventário, podendo ser apresentado formal de partilha dos autos de processo judicial de inventário/ arrolamento ou escritura pública de partilha extrajudicial lavrada pelo tabelião do cartório de notas.


Idosos

Conforme a decisão que definiu o calendário de pagamentos do PIS/Pasep para idosos, a primeira etapa de liberação dos recursos atenderá pessoas com idade igual ou acima de 70 anos, a partir do próximo dia 19. Na segunda etapa, a partir de 17 de novembro, serão atendidos os aposentados, militares reformados ou da reserva. Por último, a partir de 14 de dezembro, serão atendidos mulheres a partir de 62 anos e homens a partir de 65 anos.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: Economia - iG

0
0
0
s2smodern

O Outubro Rosa começou na década de 1990, nos Estados Unidos, onde os estados faziam ações isoladas referentes ao assunto. Com a posterior aprovação do Congresso Americano, o mês de outubro se tornou o mês nacional de prevenção contra o câncer de mama no país.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Depois do câncer de pele não melanoma, responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Para estimular a detecção precoce da doença e conscientizar a população, começa, neste mês, a campanha Outubro Rosa.

A mensagem reforça o debate para que a população participe ainda mais das atividades promovidas em todo o País. Além de enfatizar a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. As ações de conscientização visam disseminar o maior volume possível de informações sobre acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade.

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama este ano no Brasil. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos). Outros fatores que aumentam o risco da doença são fatores ambientais e comportamentais, Fatores da história reprodutiva e hormonal e Fatores genéticos e hereditários.

Em grande parte dos casos, o câncer de mama quando detectado em fases iniciais há mais chances de tratamento e cura. Todas as mulheres, independentemente da idade, podem conhecer seu corpo para saber o que é e o que não é normal em suas mamas. A maior parte dos cânceres de mama é descoberta pelas próprias mulheres.

 

Mamografia

Para mulheres entre 50 e 69 anos, a indicação do Ministério da Saúde é que a mamografia de rastreamento seja realizada a cada dois anos. Esse exame pode ajudar a identificar o câncer antes do surgimento dos sintomas.

O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. A recomendação, por parte dos médicos, é que a avaliação seja feita antes dos 35 anos somente em casos específicos.

 

Sintomas

Durante o autoexame, é possível verificar se há indício de alguns dos sintomas, como presença de caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); e pequenos nódulos localizados embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.

 

Outubro Rosa

O movimento popular Outubro Rosa é internacional, começou na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. Anualmente, várias atividades são realizadas com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

 

Fonte: Portal Brasil

0
0
0
s2smodern

Com a queda na taxa básica de juros nos últimos meses, o governo decidiu reduzir novamente o teto dos juros nos empréstimos consignados. A medida estimula a concessão de empréstimos de uma das modalidades de crédito para pessoa física com taxas mais baixas do mercado, informou o Ministério do Planejamento.

O Conselho Nacional de Previdência (CNP) aprovou a redução do teto da taxa de juros nas operações para aposentados e pensionistas. O teto do empréstimo consignado, que hoje é de 28,9%, caiu para 28,0% ao ano, representando uma redução de quase 1 ponto percentual. Ao mês, o percentual do consignado cai de 2,14% para 2,08%.

Segundo o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, quem tiver empréstimo consignado vai economizar até R$ 5 bilhões no pagamento de juros.

Sem dúvidas, o empréstimo consignado que já era uma das formas de crédito mais vantajosas do mercado, com esta redução nos juros vai garantir para você e sua família economia e um ótimo negócio para a realização dos seus sonhos.

Não deixe de aproveitar esta oportunidade!

Fale ao vivo e sem compromisso com nossos consultores no chat do nosso site (canto esquerdo inferior) ou mande uma mensagem via whatsapp: 011 98666 2423.

Se desejar falar por telefone, basta ligar para:

4040 4400
Capitais e Regiões Metropolitanas

0800 771 3041
Demais regiões

0
0
0
s2smodern

Fale conosco

4040 4400

Capitais e Regiões Metropolitanas

0800 771 3041

Demais regiões 

11 9 6317 7060

Whatsapp

Qualidade

Atendimento ao cliente:

11 9 6317 7060

Whatsapp

Correspondentes

logo bancos2

REDES SOCIAIS

logo fblogo youtubelogo twitter

 

 

consultecnpj3 

Copie e cole: 07223958000190

Aprovado pela Instrução Normativa RFB nº 1.634, de 06 de maio de 2016. Empresa em conformidade a RESOLUÇÃO Nº 3.954 do BANCO CENTRAL DO BRASIL. 

A Presença jamais solicita depósito em conta corrente, nem mesmo a antecipação de dinheiro em suas operações de crédito.